Imprimir
A vida sempre vence
Não podemos corromper a verdade
por Marcelo cezar


Aos dezesseis anos de idade comecei a receber mensagens nas aulas práticas de psicografia, no centro espírita que frequentava. Confesso ter ficado muito feliz de participar desse intercâmbio com o mundo astral para trazer a público histórias reais, que promovem mudanças positivas na vida de quem as lê. Levei dez anos para escrever meu primeiro romance, A vida sempre vence.

Embora algumas pessoas considerem o romance mediúnico algo superficial e sem grandes ensinamentos, os espíritos amigos não cansam de me dizer que esse é um dos caminhos mais fáceis para que uma pessoa obtenha rápido conhecimento do mundo espiritual e, por conseguinte, desperte em si os seus valores espirituais.

Os espíritos afirmam que, enquanto você lê um romance mediúnico, sempre há um mentor, um espírito amigo ao seu lado para lhe inspirar bons pensamentos, ou mesmo ajudar você a resolver determinados problemas de sua vida, com base no comportamento positivo e na vitória de personagens com os quais nos identificamos.

Não importa a vida que cada um teve ou tem no planeta, não importa o cargo, a posição social ou a quantidade de dinheiro que tenha na conta bancária. A nossa escolha de transformar uma história em livro e romanceá-la tem base nos ensinamentos que determinado grupo de encarnados e desencarnados aprendeu ao longo de uma ou mais vidas e, de certa forma, será útil para ajudar outras pessoas a superar situações parecidas.

A nova edição de A vida sempre vence, de acordo com os originais escritos à mão há muitos anos e revisada com brilhantes ensinamentos do espírito Marco Aurélio, está repleta de histórias de superação e ensinamentos únicos, ricos, distintos e intransferíveis.

Cabe ressaltar que não queremos ditar normas ou regras de conduta. Longe disso. A Vida sempre vence mostra que precisamos abrir a mente e o coração para uma nova visão da vida e da espiritualidade, compreendendo o verdadeiro sentido do livre-arbítrio. Afinal de contas, cada um é livre para seguir o seu caminho, desde que saiba e entenda que colhemos tudo aquilo que plantamos, ou, numa linguagem mais atual, somos cem por cento responsáveis por tudo o que nos acontece.

Somos donos de nosso destino, daí a necessidade de fortificar nosso pensamento sempre no bem, pois o resultado de nossas escolhas abre nossa consciência, permitindo-nos optar pelo melhor jeito sob o qual queremos viver. Se ficarmos presos a conceitos, normas e valores criados pela sociedade, mais lento se tornará o processo de evolução do nosso espírito.

A vida não erra nunca. Ela é poderosa, está sempre atenta e presente em tudo, estejamos encarnados ou desencarnados. A morte do corpo não é o fim, mas uma mudança de dimensão. Somos espíritos, somos eternos e cheios de vida. Por isso, a vida sempre vence! Boa leitura.

Abraço fraterno,

Marcelo Cezar.






A vida sempre vence
Marcelo Cesar
Romance



Imprimir


VOLTAR AO TOPO
Siga a Vida & Consciência Nas Redes Sociais: